Quem vigiará os vigilantes?

Em uma das suas Sátiras, o poeta romano que viveu entre os séculos I e II, Décimo Júnio Juvenal, dá aos homens o papel de guardiões da moral. As mulheres, como Eva, teriam uma tendência natural ao pecado, devendo ser custodiadas pelos homens. Com medo de que as “maquinações femininas” corrompessem seus próprios custodiadores, nasce 

Continue lendo