O Ser no Gerúndio

A ideia de algo acontecendo consigo mesmo, enquanto o inconsciente poeticamente se expressa dentro de uma relação terapêutica, é o desafio que o livro de Eduardo Rozenthal, O Ser no Gerúndio, procura explicar o trabalho que os analistas enfrentam. Considera os símbolos percebidos e os acontecimentos que não se apresentam como símbolos, resultantes dos fragmentos contidos 

Continue lendo