O Ideal Junguiano

Para Freud, a neurose era uma perturbação do funcionamento normal da psique, que deveria ser tratada para que esta pudesse voltar a trabalhar como antes. Jung, no entanto, entendia a neurose como uma reação da psique a uma atitude consciente inadequada diante da realidade. Esta reação não acontecia por acaso: a doença seria parte de 

Continue lendo