A ausência paterna e seu impacto na construção dos vínculos afetivos

Pretendo analisar neste artigo, os possíveis impactos da “ausência” física e/ou afetiva da figura paterna na vida de filhos adultos e na aparente dificuldade apresentada por eles em estabelecer e manter vínculos afetivos e familiares, levando à desconstrução das dinâmicas e arranjos vinculares tradicionais, que vemos ocorrer com grande frequência na atualidade. Minha hipótese é 

Continue lendo

E agora Covid?

Depois de um dia intenso de trabalho médico, atendendo pacientes ansiosas e com muito medo, chego em casa exausta e me pergunto com a poesia de Carlos Drummond de Andrade: “E agora, José? A festa acabou, a luz apagou, o povo sumiu, a noite esfriou…”. O Sars-Cov 2 invadiu o planeta como uma deusa irada, 

Continue lendo

O juiz e o perdão

Como juiz ele decidia o destino de muitos. Não por gosto, mas ele saboreava o poder de decidir. Naquele hospital ele era apenas o “AVC do 12”. Os médicos esqueceram-se de sua humanidade e se preocuparam apenas em nomear órgãos doentes, como muitas vezes ele fizera com o réu no tribunal ao se reportar aos 

Continue lendo

A Igreja do Diabo

O conto “A Igreja do Diabo, de Machado de Assis, talvez seja o seu melhor trabalho como contista, publicado no livro “Histórias Sem Data”. Nesse conto o leitor entra em contato com as dimensões contraditórias da natureza humana, diante de uma mesma realidade. Nele percebemos um Diabo com o espírito semelhante ao nosso. Tal Diabousa 

Continue lendo