O Visconde Partido ao Meio

Amar um outro ser faz-nos perceber nossa incompletude. Ao notarmos em nós mesmos dois lados como inimigos irreconciliáveis, sentimos a luta entre eles e também a dor de se ferirem para unirem-se em um todo chamado indivíduo. É dessa forma que obtemos o verdadeiro ato de amar a si e ao outro. Portanto, o amor 

Continue lendo

A parte que falta

“Faltava-lhe uma parte. E ele não era feliz. Com essas frases e o desenho de um círculo faltando um pedaço triangular, Shel Silverstein, um ilustrador norte-americano, começou sua obra infantil, “A parte que falta”. Escrita em 1976, chegou ao Brasil em 2013, depois do falecimento de seu autor em 1999. Essa obra habitava nossas livrarias 

Continue lendo

UMA HISTÓRIA SOMBRIA

A sombra, para a psicologia junguiana, é um arquétipo e, como tal, é psicóide. Ou seja, ela transita tanto nas dimensões materiais quanto nas espirituais, sem pertencer a nenhuma delas, apesar de poder provocar grandes alterações por onde passa! Como todo arquétipo, ela não é absoluta, ou seja, não se prende a princípios morais e 

Continue lendo

A busca do inconsciente pela harmonia e a compensação entre o falado e o não falado

Um dos grandes legados teóricos que C. G. Jung nos deixou foi a descoberta de que no inconsciente não ficam armazenadas apenas as experiências reprimidas, mas também toda a história da humanidade. Didaticamente, podemos afirmar que as experiências, desde a nossa concepção, ficam registradas no que ele nomeou como inconsciente pessoal e as experiências coletivas, 

Continue lendo

Um olhar para a Psicotraumatologia

Experiências Traumáticas E Traumatização Os dados epidemiológicos nos trazem uma lamentável estatística, de que a maioria da população adulta está sujeita a vivenciar pelo menos um evento potencialmente traumático no curso de sua vida (Kessler et al., 1995). Entretanto eles também nos trazem um alento, ao identificar que uma maior porcentagem dos indivíduos, com o 

Continue lendo