Saber e querer não são suficientes para decidir e agir

Na minha prática como analista junguiano, onde nos últimos 35 anos atendo umas 40 pessoas por semana, constantemente me deparo com a dificuldade da tomada de atitude assertiva, reflexiva, consciente e consequente, alinhada com o íntimo e respeitando, integrativamente, as dimensões familiares, sociais, laborais, espirituais, físicas e amorosas, levando em conta a sombra, os complexos 

Continue lendo