Gradiva: uma fantasia pompeiana

Explicamos por que fazemos o que fazemos criando fábulas induzidas, muitas vezes, por conteúdos esquecidos que foram evocados durante alguma experiência do presente. Elaboramos essas histórias com grande confiança e sem a consciência de tê-las inventado quando tentamos explicar certas decisões que tomamos. O escritor alemão Wilhelm Jensen escreveu “Gradiva: uma fantasia pompeiana”, uma bela 

Continue lendo