Qual É o Seu Chamado?

Eu sou chamado a servir a quê? A resposta vai atuar de forma diferente para cada um de nós, porque cada um tem um vocatus separado. Mas em todo caso seremos servidos, de volta, por aquilo a que fomos chamados a servir. (James Hollis) Acredito com muita convicção que na primeira fase da vida temos 

Continue lendo

A Singularidade

É frenética, sensível, vibrante e triste, enfim, comovente, a trajetória tão bem narrada na cinebiografia de Elton John, no filme Rocketman, onde estão retratadas as suas nuances tão particulares espelhadas no personagem principal. O filme mostra a fantástica jornada de transformação do tímido pianista prodígio num superstar internacional. Evidencia sua vida desde a infância, sua 

Continue lendo

Samsa Apaixonado

 Como poderíamos imaginar a sensação de um inseto que pudesse se transformar em um homem? Como ficaria o sentimento de justiça e dignidade nessa condição de humano? Dignidade é um sentimento que nos leva ao interesse pelas questões do sofrimento de outrem, bem como a justiça – o que torna o homem protegido na relação 

Continue lendo

Ritos de Passagem e as Estações da Vida

“Todos os fatos importantes da vida estão ligados a cerimônias elaboradas, cujo propósito central é libertar o sujeito do estágio precedente da existência e ajudá-lo a transferir sua energia psíquica para a fase seguinte.” (JUNG, 1986). O curso natural da vida é progressivo e o processo evolutivo é uma realidade que não se pode controlar. 

Continue lendo

Segredos e Mentiras

Quem somos nós? Somos um corpo ou temos um corpo? Se temos, quem em nós é o “assassino interior” que quer destruí-lo quando a insuportabilidade do existir é o estilo dominante da consciência? Talvez nunca possamos saber essas respostas enquanto não soubermos olhar para o sentido da vida e para a ideologia da morte como 

Continue lendo

Aspectos tóxicos da masculinidade e o suicídio

Setembro Amarelo. É o mês de conscientização sobre a prevenção do suicídio, assim mesmo define o site da campanha. A história que inspirou essa campanha começou nos EUA, no ano de 1994 quando um jovem de 17 anos tirou a própria vida dirigindo seu Mustang amarelo, um carro que ele mesmo havia reformado. A história é 

Continue lendo

O Sonho de um Homem Ridículo

O suicídio de um homem depende do mito que ele constrói para explicar e experimentar a sua vida. Por meio de um sonho, esse mito que faz não encontrar sentido para continuar a viver pode ser modificado e, em lugar de morrer, vem a decisão de viver. Foi assim que Dostoiévsky, em seu conto O Sonho 

Continue lendo

Que História Você Está Vivendo?

É desconcertante pensar que ao invés de estarmos vivendo nossa história,                  nossa história pode estar nos vivendo, e ainda pior, talvez tenhamos aceito como genuína a versão da nossa história escrita pelos outros. (James Hollis) 4 “Qual é a sua visão de mundo?” “Quanto dela decorre de sua família de origem?” “Quanto dela decorre do espírito da sua 

Continue lendo

O Sentido da Análise na Psicoterapia Junguiana

Entregar-se para um processo analítico não é para qualquer pessoa, porque essa experiência irá produzir desconforto e incomodo. No início, após a criação do vínculo com o analista, é inevitável o confronto com as referencias parentais, a história biográfica, para conscientização dos padrões recorrentes, e com a sombra, que representa o lado obscuro da personalidade, 

Continue lendo