Bartleby, o escriturário: uma história de Wall Street

A existência pode ser um “prefiro não existir”, quando estamos limitados por um “muro” que nos separa de uma vida criativa, para nos transformar em um instrumento mecânico e assim atender as ambições de outros homens. “Bartleby, o escriturário: uma história de Wall Street”, publicado em 1853, é uma novela do escritor americano Herman Melville, 

Continue lendo

Sono

Ao acordarmos para a vida, notamos que estávamos dormindo e sonhando com uma existência ideal enquanto presos em uma matriz que nos faz experimentar o castigo de ver os dias se sucederem como se fossem todos iguais. Sono é uma obra do escritor japonês Haruki Murakami, que traz o relato de uma mulher de 30 

Continue lendo

O QUE VELA E REVELA UM MITO

Desde os primórdios, o mito cumpre a tarefa de dar sentido ao mundo e à existência humana, tanto individual quanto coletiva. Assim, todos os povos têm seus próprios mitos a respeito de temáticas diversas e universais. É certo que nenhum deles vivenciou o que relatam nessas histórias, pois o sentido fundamental dum mito não é 

Continue lendo